Início Histórias de Serviço Leões Protegem Crianças Da Indonésia Contra O Sarampo E A Rubéola

Leões Protegem Crianças Da Indonésia Contra O Sarampo E A Rubéola

Jamie Konigsfield Novembro 15, 2017
Indonesia

We will make this world a safer place for our children.

“Tornaremos esse mundo um lugar mais seguro para os nossos filhos”, declara o Presidente do Conselho, Jono Koesmo, confiante no sucesso dos esforços dos Leões em proteger as crianças da Indonésia contra o sarampo e a rubéola.

O vírus do sarampo e da rubéola são prevalentes na Indonésia, sendo que milhares de casos são relatados anualmente. O sarampo é um vírus potencialmente fatal que pode deixar os sobreviventes com danos cerebrais, surdos e cegos. A rubéola pode causar abortos e defeitos congênitos.

Obviamente, os Leões não podem ficar indiferentes quando sabem que milhares de crianças são diagnosticadas com essas doenças, todos os anos. Graças ao financiamento da Fundação de Lions Clubs International (LCIF), os Leões do Distrito Múltiplo 307, na Indonésia, se uniram ao governo do país e à Gavi, a Aliança das Vacinas, em uma campanha de imunização contra o sarampo e a rubéola (SR).

Durante a campanha de dois anos, o objetivo é imunizar pelo menos 95 por cento, ou cerca de 70 milhões de crianças da Indonésia contra o sarampo e a rubéola. Após a campanha, o governo indonésio substituirá a vacina contra o sarampo pela vacina combinada SR no sistema de imunização de rotina do país. O governo espera eliminar o sarampo e a rubéola em todo o país até o ano 2020.

Para atingir esse objetivo monumental, a campanha está sendo realizada em duas fases. A primeira fase ocorreu nas seis províncias de Java, em agosto e setembro. Todas as escolas realizaram os dias de vacinação quando as crianças com idades entre 6 e 15 anos receberam a vacina. A campanha se estendeu, sendo realizada também em clínicas locais, hospitais e centros comunitários para alcançar crianças entre 9 meses e 6 anos de idade que ainda não estavam na escola. A segunda fase da campanha ocorrerá em 2018 e viabilizará vacinas para crianças nas 28 províncias restantes, fora da ilha de Java.

Koesmo, que está muito envolvido com a campanha de SR, descreveu alguns desafios enfrentados pelos Leões locais em seus esforços para aumentar a conscientização e incentivar a participação. “[Isso] me surpreendeu [pois] até agora existem tantos mitos e informações errôneas [sobre vacinas] que são repassadas para algumas escolas e pais.” Para defender a causa das vacinações SR que salvam vidas, Koesmo diz que os Leões estão lançando uma campanha de alcance comunitário, contatando escolas e pais por meio da mídia social, websites, emissoras de rádio, seminários e outros tipos de divulgação. Os Leões também estão visitando escolas, líderes religiosos e governos locais.

A vacina SR protege as crianças contra as infecções que se alastram na Indonésia, alterando vidas e sendo potencialmente letais. LCIF e o Leões continuarão trabalhando juntos para garantir que todas as crianças tenham a oportunidade de receber uma vacina dupla viral SR.

As melhores histórias do planeta.

Todo mês, a Revista LION publica histórias inspiradoras sobre o impacto que os Leões estão causando em suas comunidades locais e ao redor do mundo.

Leia a última edição